Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

O meu livro.

22 de setembro de 2017

E ela chegou!




E ela chegou!
Linda e contagiante encobre os campos com sutis florações.
Deixa borboletas pousarem em suas flores para que levem o pólen como substâncias de novas germinações.
 Fragrâncias espalham-se em abundâncias e chegam com a leveza do vento.
O tempo encarrega-se de aguar no momento certo e deixar cada 
pétala sorrir a cada dia que florir.
Saúdo as visitantes com asas esvoaçantes carregando o néctar em pousos hilariantes.
Viva a nova estação primaveril!

Feliz Primavera a todos do nosso amado Brasil.

Amigos,hoje 22 de setembro inicia-se a nova estação Primavera,e que ela possa trazer a todos nós com sua elegância peculiar,aromas que sejam sorvidos em jardins de cada lar.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagens Google.


14 de setembro de 2017

Desafios aos Instintos.







Desafiados pelos instintos nos encontramos para viajarmos aos labirintos dos desejos escondidos.
Um rubro acetinado encobre meu corpo e sutilmente despe-se à espera do tato de tuas mãos e o balbuciar dos leves sopros.
Peço-te para que desates os laços,quando assim o desejares.
Em fim a nossa viagem começa no contato de peles que furtivamente tu tateias para sentir-me leve por inteira.
Assim como Flamingos enceno uma dança e mostro a leveza de deixar-te acompanhar-me nesse ritual através dos gestos,
 instigando-o a realização dessa ardente procura entre nós,como manifestos de uma viagem ao encontro da sedução e ao desafio de viajantes.
Entre desejos instigantes e prazerosos instantes...
Somos amantes...


Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.

8 de setembro de 2017

Paixão dominante.



Um domínio absoluto entre tu e eu nas entregas das carícias e trocas de palavras por eternos momentos.
Assim construímos a ponte da paixão,transformando-a em amor louco,coberto por sussurros roucos.
Emudecemos!
Somente as trocas dos olhares deixam-nos envolvidos à espera do 
à libido.
Nossas confidências ficam em sigilo,e somente nós ouvimos,como um silêncio sorvido por esse amor vivido.
Paixão dominante...Transportando-nos aos caminhos percorridos dos desejosos instantes. 

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.

"Quando estamos sozinhos,somos pela metade".
"Quando somos dois,somos um".
"Quando deixamos de ser um dos dois,não somos nem a metade que começamos a história".

"Fabrício Carpinejar."




5 de setembro de 2017

Palavras,palavras...

Sedas translúcidas sobrepõem-se sobre ombros desnudos,fazendo dos complexos da timidez unirem-se a mudez e tornarem-se companheiras de caladas palavras.
Mãos agregam-se a um desfolhar de pétalas,que o vento encarrega-se de levá-las aos campos silvestres.
Retalhos rebordados pelos fios de seda,sutilmente encobrem o manto do emudecer,e assim não conseguem transpor a barreira do som,ouvindo-se apenas ao longe o farfalhar das folhas levadas pela brisa,como eco das palavras não ditas...
Palavras...Palavras...

Carmen Lúcia.Direitos Autorais.-lei-9610-Imagem Albert Lyuch-Google

1 de setembro de 2017

Setembro em Flores.




E Setembro chegou!
Flores desabrocham nos jardins e transbordam aromas sem fins.
Caminhando em passagens,encontramos pelas aragens,as fragrâncias das rosas voejando com a brisa ao encontro das  gérberas,hortênsias,
amores-perfeitos e quem sabe também os jasmins.
Borboletas desfilam entre as violetas.
E nesse vai e vem de burburinhos,avistamos os pássaros sorvendo o néctar de cada flor,como assim o faz o envolvente beija-flor.
Cada um tem a finalidade de assumir um compromisso em propagar a chegada da polonização,fazendo à entrega em nossas mãos,flores da nova estação.
Muitos amores em Setembro em Flores.

Feliz Setembro a todos os amigos.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-Lei-9.610-Imagem-Albert Lynch e Center Blog-Google.

29 de agosto de 2017

Cinco anos do blog da amiga Jack-Meu Cantinho.

Nasci em São Paulo,e resido nessa cidade agitada,mas ao mesmo tempo,moro em um local muito sossegado e acolhedor,repleto de árvores e flores,claro que são sempre elas que fazem parte das minhas inspirações.
Essa é a entrada do paraíso em que posso 
chamá-lo de meu Cantinho.
Ele é o meu refúgio acolhedor.
Amo viver aqui e fico muito feliz quando recebo a minha família,principalmente o meu amado neto quando está em férias escolares.
Percebem que ele domina no teclado em fazer arte e alguns joguinhos.
Mostro um pouco do meu cantinho sempre com muitas flores para perfumar o meu doce lar.
E para adoçar com amor não faltam as guloseimas e a foto com meu amado marido.


"Que a paz possa reinar em nosso doce lar,que as flores possam aromatizar por cada passagem,por onde recebemos o bálsamo da aragem.
Que os cânticos dos pássaros em seus chilrear,possam alegrar as nossas manhãs em doces clarear.
Que o vento se torne brisa para assim abrir as cortinas com carinho,e deixar o suave perfume das flores entrarem em nosso:
                                   Cantinho".

                   Obrigada amiga Jack pelo convite em participar dessa festa dos 5 anos do seu blog e poder falar um pouco do meu ínfimo,mas aconchegante "Cantinho".
                   Que você continue multiplicando por muitos e muitos 5 anos o seu Cantinho,esse é o meu desejo e acredito ser de todos os seus amigos.
                            Parabéns por essa festa tão linda!
                              

Carmen Lúcia-Imagens-Arquivo Pessoal.





24 de agosto de 2017

Peregrina da noite.





No silêncio da noite percorro como peregrina,mas a leveza dos sons de um balbuciar distante,me faz descansar sobre o manto coberto pelos acordes discretos.
Sem nuvens o céu escurece e deixa impregnar em meu corpo,a sutileza da brisa em ínfimo sopro.
Quisera adormecer!
Quisera transpor junto aos pensamentos a sensação de levitar como em sonhos à procura de não acordar.
Porém a dormência despede-se e deixa-me apenas sentir o apego da ausência.
Ausência do aconchego do luar e das estrelas...Ausência das tuas mãos entre as minhas e dos teus sussurros de amar.
Silenciosamente ouço um balbuciar que lentamente evapora-se bem ao longe...Quem sabe ao encontro das águas salinas e ondas do mar.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem Google.

22 de agosto de 2017

"Há flores Espirituais em mim"-Convite da amiga Rosélia-8 anos de blog.




Aprendi a semear dentro de Minh'alma amor ao Mestre Divino,e assim pude colher muitas flores no caminhar da minha vida.
São flores que fazem parte do meu jardim interior e espiritual sempre com muita luz às quais faço o possível para colhê-las e
 entregá-las da mesma forma que as recebi.
Precisamos nos aproximar mais e caminharmos mais entre essas flores que se encontram dentro de nós.
Muitos espinhos talvez possam
encontrá-los,mas se soubermos retirá-los não ficarão feridas e se ficarem,será fácil de serem cicatrizadas.
Amor e Caridade,duas palavras primordiais que devemos praticá-las.
Dessa forma estaremos com nossas almas repletas de flores.
Regando todos os dias com águas da Bondade e Amor,elas irão florir sempre com toda a espiritualidade de uma rega perfeita que aprendemos quando as semeamos e as adubamos no tempo certo.
Isso o Mestre nos ensinou,portanto saibamos mantê-las vivas,na parte espiritual. 
Creio que fiz e faço a minha parte e assim posso afirmar que:
 "Há flores Espirituais em mim".

Obrigada amiga Rosélia pelo convite e parabéns por mais uma interação dos amigos,homenageando-a pelos 8 anos de blog.

Carmen Lúcia-Imagens-Albert Lynch-Google e Rosélia.


17 de agosto de 2017

Ausência.




 Perdida por ti entrego-me ao sol para aquecer-me e desvencilhar
a saudade imposta em meu corpo em recordações vivenciadas nos momentos de amar.
Retalhos ficaram impregnados e difíceis de serem retirados. 
Tu foste e fiquei à espera na esperança de rever-te e confiar-te como meu confidente.
Luto por essa ausência e perco-me por labirintos procurando-te quem sabe...Escondido entre o sopro da ventania e as ondas envaidecidas pelo encanto do mar.
Ah...Atiro-me como flutuante,mas deixo pegadas à beira-mar.
Fico a tua espera,como amante dos teus beijos que ficaram submersos sob águas dos desejos.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9610-Imagem Google.



10 de agosto de 2017

O Viajor.




A ti viajor de min'alma,entrego-te minha face,para que acaricies e leves como lembrança a união da nossa aliança.
O caminho será longo e percorrera essa distância com a saudade dos beijos recolhidos de nossas bocas,repletos de desejos loucos.
Cada passo será várias caminhadas,cada aceno ficará ao sabor do tempo,levado pelo vento e nas frustrações deixadas.
Aqui fico à espera mesmo que seja na próxima primavera.
O sorriso dará passagem a triste despedida,mas noss'almas estarão unidas e caminharão juntas nessa viagem.
E mesmo não sendo miragem,retornarão a esse reencontro em breve passagem e ao abrigo dos nossos corpos.
Ah..Viajor te espero como o sol espera o amanhecer e a lua ao entardecer.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem Google.Pinterest.

3 de agosto de 2017

Entre teclas e pautas.







Entre teclas e pautas ficou a suavidade das rosas,para que pudessem compor os versos em prosas.
O toque suave do piano sentia a falta do deslizar das mãos no bálsamo emitido pelas canções que dançavam sobre os rabiscos
escritos e intercalados por emoções.
Cada nota saltitava em dança como bailarina,e aromatizava essa entrega em cada solfejo como o toque do primeiro beijo.
Risos nos acordes especiais para entregarem-se aos rituais.
Assim,sutilmente chega o momento!
E sem lamento,o piano ao ver cada pétala sorrir,começa novamente a tocar canções de amar deixadas em dormências.
Embaladas através dos sons,realiza um encontro entre versos,prosas,rosas,suspiros e novas vivências.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais.-lei-9.610-Imagem Cabschau-centerblog.




31 de julho de 2017

Queridos amigos!


 


 Queridos amigos,já estou de volta da linda viagem que fiz a Gramado,(Rio Grande do Sul) junto com minha filha e meu neto.
Agradeço por todos os comentários aqui no blog e por todas as curtidas lá no Facebook pelas fotos que fomos postando.
Amei o Rio Grande do Sul e as cidades que visitei,aliás,foram várias,onde pude conhecer a cultura e as tradições regionais.
Muito carinho das pessoas que nos acolheram,tanto na cidade de Gramado,como nas cidades próximas a ela.
Logo que possível estarei postando minhas Pérolas Poéticas e aos poucos estarei visitando vocês.
Obrigada a todos.
Carmen Lúcia-Imagem arquivo pessoal de um dos locais visitados.


20 de julho de 2017

Murmúrios de Minh'alma. Mensagem aos amigos.




Ouço murmúrios de Minh'alma e lentamente sorvo a translúcida energia que ela me traz através da paz.
Meu corpo em leve sopro se acalma.
Uma dormência recai sobre mim,deixando-me sonhar.
Sonhar com estrelas cadentes,com um mar recebendo a luz do luar e com a displicência das ondas,quebrando-se à beira-mar.
Tudo isso se faz nesse caminhar ao encontro do meu ser e do meu viver.
Tranquila e serena sinto uma quietude plena.
E assim...Fico à espera do meu despertar com minh'alma abrigando-se nesse doce sonhar.

Amigos,por alguns dias vou deixá-los,estarei viajando com minha filha e meu neto e logo voltarei trazendo nas malas algumas prosas poéticas para quem desejar lê-las.
Obrigada e até a volta.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem Google.


13 de julho de 2017

Sem reminiscências.


Minh'alma permite-me essa entrega de absoluta calma e entre minhas mãos existe a segurança aromática da fragrância.
Levo-me ao ápice dos pensamentos e vivo essa experiência,tentando sem reminiscências seguir a minha vivência.
O passado fica ao sabor do vento voejando como folhas do tempo. E hoje no presente desejo voltar a sorrir guardando para ti o aroma  do amor que entregastes para que renascesse e voltasse a florir.
Despe-se de nós reminiscências.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem Google.






7 de julho de 2017

Liberdade.



Em murmúrios suaves,minhas vestes esvoaçam pelos ares.
Rasgam os ecos deixados pela seda,que delicadamente encobre meu corpo em suave sopro.
À espera do vento ou da brisa,minh'alma segue 
o ritmo do ritual,libertando-me aos caminhos certos,e através de manifestos dos meus braços,são retalhados fragmentos deixando espaços vivenciados nesse dançar a vida,sobre um delinear magistral.
Alimentada por esse desejo sólido,sou vestida em semi transparência,mostrando um sentimento 
renascente,como pássaro de volta ao ninho nascente.
Liberdade...Nada mais.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9610-Imagem-Google.







4 de julho de 2017

Momentos.






Insinuantes momentos nos convidam a esse amar retocado pelos contornos de lábios tocados.
Trocas de beijos e anseios permitem-nos essa sensação de prazer.
Querer é um sentimento interno instalando-se como morador dos nossos corpos.
Ah...O amor perfeito segue como águas percorrendo noss'almas,deixando-as calmas com precisão de um mar no vai vem de ondas dançantes ao som do vento,e lentamente o ar rarefeito encontra-se com a liberdade do tempo.
Tu completas com palavras de amar esse sublinhar desenhado entre tu e eu como amantes pincelados,e assim ficamos sobre efeitos de sonhos dourados.
Momentos...

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei.9610-Imagem Google

Obrigada Donetzka pelo mimo com o meu nome.


30 de junho de 2017

Somente por ti.





Por ti retiro esse véu que encobre minha face,e o deslizo levemente deixando-o descoberto,para sentir minhas mãos nuas ao encontro das tuas.
A negritude transpassa esse velcro,ficando transparente o sentimento retraído,mas estará à espera do caminho que tu farás para chegar e desfrutarmos os momentos dos desejos de amar.
Por ti libero esse ato transformando-me em musa desse estrelato.
Nossos corpos serão unidos por instintos viscerais.
Sem véus,tu e eu voejaremos aos limites dos céus.
Por Ti...Libero-te ao tato da minha pele e tu me liberarás aos contatos e arrepios dos poros da tua derme.
Somente por ti...

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.

27 de junho de 2017

Prisioneiros!




Prisioneira de ti entrego-te meu olhar,para que sintas os desejos ardorosos entre tu e eu em momentos de amar.
Coloque-me no calabouço dos teus braços e entre nos meus abraços,prendendo-nos como prisioneiros para nos amarmos por inteiros.
Ventos sopram desejando levitar-nos carregando nossos corpos para outros mares,mas somos guerreiros e ficaremos unidos e seguros com as chaves do nosso porto seguro.
Entrega-me o calor do teu amor e eu entregar te-ei as fagulhas para acender o estopim dessa louca clausura.
Uma entrega sem limites e como donos dessa prisão,fugiremos às regras unindo-nos em loucura e paixão.
Somos amantes,e nos identificamos assim como águas nas correntezas à procura dos leitos distantes e sem fim.

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-Lei-9.610-Imagem Google.

23 de junho de 2017

Corpo e Alma!




Em um só corpo unem-se duas almas,fazendo-as nutrirem-se com a seiva de amar percorrendo lentamente as entranhas.
Adequam-se ao sopro da vida em ternuras e confidências,sentindo em instantes o prazer inesgotável de um afável viver.
Leves tornam-se unificadas e assim carregam momentos de querência e prazer.
Cada linguajar murmurado é transformado em substâncias de vivências.
São almas encontrando a sutileza mágica de sonhar.
Despem-se na entrega e recolhem-se ao instinto da espera.
Colhem o pólen como borboletas sugando o néctar da flor,e o depositam para que seja germinado no momento exato do amor.
Dois corpos em um só unem duas almas...Viventes e sem nós.
Corpo e alma...

Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei -9.610-Imagem Google.

19 de junho de 2017

Espere por mim.




 Ao longe vejo teu vulto sumir na imensidão do horizonte.
Suponho que estás tão distante além do poente,já quase recebido pela lua e não ouves esse amargor das palavras pedintes,para que retornes a mim meu eterno amor.
 Sou tua e sinto a sensação de clausura,quando sei que não voltarás tão breve.
Partes deixando-me envolta de saudade e triste por saber que o teu porto de viver é aqui bem perto,nesse mar aberto.
Meus sentimentos vão além dos lamentos!
Ah...Nesse espaço ínfimo nos sentíamos imersos em nossos desejos,agora fica esse adeus nas recordações de juras envoltas por paixões e selados beijos.
Recorro às águas e aos cânticos dos mares.
Recorro aos rios e igarapés,para que represem teu barco em espera,e assim eu possa chegar a tempo,e contigo seguir viagem sobre a calmaria das marés.
Espere por mim...


Carmen Lúcia-Direitos Autorais-lei-9.610-Imagem-Google.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.